Clicky

MetaTrader 728×90

(Texto atualizado com comunicado do PSG)
SÃO PAULO, 9 Mai (Reuters) – O lateral-direito Daniel Alves,
do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira, será avaliado
dentro de três semanas para saber se terá de passar por cirurgia
devido a uma lesão no joelho sofrida na final da Copa da França,
informou nesta quarta-feira o clube francês, o que coloca em
dúvida a presença do jogador na Copa do Mundo da Rússia.
O jogador, de 35 anos, se machucou no final da vitória do
PSG por 2 x 0 sobre o Les Herbiers, da terceira divisão
francesa, e foi diagnosticado com uma lesão do ligamento cruzado
anterior (LCA).
Embora sua assessoria tenha dito que Daniel Alves está
otimista para a disputa do Mundial da Rússia, que começa em 14
de junho, o temor de que ele possa ficar de fora do torneio
cresceu quando seu clube disse que é preciso esperar o final do
mês antes de saber com certeza a gravidade da lesão.
"Depois de sofrer uma pancada no joelho direito durante a
final da Copa da França na última noite, Dani Alves passou por
exames que confirmaram uma lesão no LCA", disse o PSG no
Twitter. "O jogador será avaliado nas próximas três semanas
antes de determinar se uma cirurgia é necessária."
O técnico Tite vai anunciar na segunda-feira sua lista de 23
jogadores da seleção brasileira para o Mundial.
O Brasil disputará amistosos contra a Croácia, em 3 de
junho, e diante da Áustria, sete dias depois, antes de partir
para a Rússia, onde a equipe enfrentará na primeira fase as
seleções de Suíça, Costa Rica e Sérvia.
(Reportagem de Andrew Downie)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS TR PF


Assuntos desta notícia