Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Jessica Resnick-Ault e Rod Nickel

NOVA ORLEANS (Reuters) – A tempestade tropical Nate atingiu o Estado norte-americano de Mississippi neste domingo, provocando fortes ventos que sacudiram as portas de vários cassinos e um temporal que alagou locais de apostas e vias expressas, mas espera-se que o antigo furacão perca força rapidamente à medida que avança pelo território norte-americano.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Quarto grande furacão a atingir os Estados Unidos em menos de dois meses, o Nate matou ao menos 30 pessoas na América Central antes de ingressar nas águas quentes do Golfo do México e atingir o litoral sul dos EUA. O furacão também provocou a paralisação da maior parte da produção de petróleo na região.

O Nate se formou após os grandes furacões Harvey, Irma e Maria, que provocaram devastação pelo Caribe e no sul dos Estados Unidos ao longo dos últimos dois meses.

Entretanto, uma vez que os ventos máximos rapidamente perderam velocidade e caíram para abaixo de 110 km/h, passando de furacão a tempestade tropical, o Nate parece não ter o mesmo poder de destruição de seus antecessores.

O centro da tempestade irá avançar pelo território de Mississippi até segunda-feira, de acordo com o Centro Nacional de Furacões dos EUA. Por conta da tempestade, pode ocorrer uma elevação no nível das águas na fronteira entre Mississippi e Alabama, segundo o NHC.
OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20171008T131240+0000


Assuntos desta notícia