Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Gram Slattery
SÃO PAULO, 18 Mai (Reuters) – A Mirae Asset Global
Investments colocou à venda duas torres comerciais em São Paulo
avaliadas em cerca de 1 bilhão de reais, disseram à Reuters três
fontes com conhecimento do assunto.
A sul-coreana Mirae, com investimentos imobiliários em três
continentes, colocou à venda as torres A e B do complexo
corporativo Rochaverá, em São Paulo, disseram as fontes.
Juntas, as duas torres oferecem cerca de 56 mil metros
quadrados de área para escritórios.
As taxas de desocupação em São Paulo caíram para cerca de 20
por cento, patamar ainda elevado para os padrões históricos, mas
uma melhora significativa em relação a anos anteriores.
Entre as empresas do setor imobiliário que estariam
inicialmente interessadas nas torres está a Cyrela Commercial
Properties (CCP) , que no ano passado formou uma joint
venture com o Canada Pension Plan Investment Board para investir
400 milhões de dólares em escritórios no Brasil, segundo uma das
fontes com conhecimento direto do assunto.
A Mirae não respondeu a pedidos por comentários. A CCP se
recusou a comentar.
Outras empresas fizeram investimentos recentemente em
espaços de escritórios em São Paulo ou mostraram interesse em
realizar os investimentos no futuro próximo, incluindo
Brookfield Asset Management e BR Properties
.
Alguns ativos colocados no mercado em São Paulo nos últimos
meses pertencem a vendedores em dificuldades financeiras.
O braço imobiliário da Odebrecht, por exemplo, concordou
inicialmente em vender um projeto à Hemisfério Sul
Investimentos, que deve valer 1,2 bilhão de reais quando
concluído, informou a Reuters em abril.
((Edição Redação São Paulo, 5511 5644-7727))
REUTERS FB AAJ


Assuntos desta notícia

Join the Conversation