Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

WASHINGTON (Reuters) – O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton pediu na segunda-feira pela libertação imediata dos dois jornalistas da Reuters detidos em Mianmar.

"Uma imprensa livre é fundamental para uma sociedade livre — a detenção de jornalistas em qualquer lugar é inaceitável. Os jornalistas da Reuters sendo mantidos em Mianmar devem ser libertados imediatamente", disse Clinton, em publicação no Twitter.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Mianmar acusou os repórteres da Reuters Wa Lone, de 31 anos, e Kyaw Soe Oo, de 27, de violarem a pouco usada lei de segredos oficiais, que data da era colonial britânica do país.

Os jornalistas devem comparecer a um tribunal na cidade de Yangon na quarta-feira. Essa será sua segunda aparição em um tribunal, e a promotoria pode requerer que acusações sejam apresentadas contra eles.

(Reportagem de Eric Walsh)
2018-01-09T100319Z_1_LYNXMPEE080KL_RTROPTP_1_NEW-JERSEY-ELECTION.JPG urn:newsml:onlinereport.com:20180109:nRTROPT20180109100319LYNXMPEE080KL Ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton durante evento em Nova Jersey OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20180109T094406+0000 20180109T100319+0000


Assuntos desta notícia