Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

WASHINGTON, 2 Mai (Reuters) – Os Estados Unidos estão
aumentando recursos jurídicos na fronteira com o México para
lidar com uma grande caravana de solicitantes a asilo tentando
entrar no país, disse nesta quarta-feira o secretário de Justiça
norte-americano, Jeff Sessions.
“Nós não vamos deixar este país ser sobrecarregado. Pessoas
não vão entrar em caravana ou de outra forma debandar de nossa
fronteira”, afirmou Sessions a repórteres.
Ele disse que o Departamento de Justiça está enviando 35
procuradores-assistentes adicionais e 18 juízes de imigração
para a fronteira mexicana.
Mais de 100 pessoas, em maioria de Honduras, Guatemala e El
Salvador, estão acampadas em uma praça próxima à entrada da
ponte de pedestres de San Ysidro, que leva do México à
Califórnia, aguardando sua vez para entrar no local.
Quarenta e nove pessoas, em maioria mulheres, crianças e
pessoas transgênero, receberam permissão nesta quarta-feira para
entrar e buscar asilo, aumentando o número total de pessoas que
cruzaram para 74, de acordo com organizadores do grupo.
Eles são parte de uma caravana de imigrantes viajando pelo
México que tem diminuído desde seu auge de cerca de 1.500
pessoas, sob pressão de autoridades mexicanas e do presidente
dos EUA, Donald Trump, que quer leis norte-americanas mais
rígidas para pessoas que buscam asilo.
O Departamento de Justiça dos EUA informou na segunda-feira
que abriu processos contra 11 “possíveis” membros da caravana
por acusações de travessia ilegal da fronteira.
(Reportagem de Eric Beech)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS TR


Assuntos desta notícia