Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

BOGOTÁ, 13 Abr (Reuters) – O presidente do Equador, Lenín
Moreno, disse nesta sexta-feira que o país obteve informações
que confirmam as mortes de dois jornalistas e de seu motorista,
que foram sequestrados no mês passado por rebeldes colombianos.
"Não recebemos prova de vida", disse Moreno em
pronunciamento transmitido pela TV. "E lamentavelmente temos
informação que confirma os assassinatos dos jornalistas."
(Reportagem de Julia Symmes Cobb)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759))
REUTERS ES TR


Assuntos desta notícia

Join the Conversation