Clicky

MetaTrader 728×90

Por David Morgan
CANONSBURG, Pensilvânia, 14 Mar (Reuters) – O candidato
democrata de uma eleição parlamentar em um reduto republicano na
Pensilvânia reivindicou vitória, em uma votação vista como um
referendo sobre o desempenho de Donald Trump como presidente dos
Estados Unidos e que permanecia oficialmente muito acirrada para
determinar o vencedor na manhã desta quarta-feira.
Em um sinal assustador para os republicanos oito meses antes
de uma eleição parlamentar nacional, resultados oficiais com
votos apurados de todas as urnas mostram o democrata moderado
Conor Lamb à frente do republicano conservador Rick Saccone por
uma fração de ponto percentual.
Trump venceu o 18º distrito de Pensilvânia, que agora está
sendo disputado, por quase 20 pontos na eleição presidencial de
2016.
Com redes de TV, que frequentemente prevêem os resultados de
eleições nos Estados Unidos, ainda incapazes de determinar o
vencedor, autoridades continuam a contar centenas de cédulas de
eleitores que votaram à distância para tentar definir o ganhador
da votação.
Fontes democratas disseram esperar que, quando essas cédulas
forem incluídas, Lamb ganhará a eleição por mais de 400 votos.
"Demorou um pouco mais do que pensávamos, mas nós
conseguimos. Vocês conseguiram", disse Lamb, um veterano da
Marinha norte-americana, a partidários na noite de terça-feira.
Durante pronunciamento antes de Lamb reivindicar a vitória,
Saccone –que se descreveu como "Trump, antes de Trump ser
Trump"– disse que a disputa ainda não tinha acabado.
"Nós vamos lutar até o fim. Vocês sabem que eu nunca
desisto", disse o candidato de 60 anos a partidários.
(Reportagem adicional de Susan Heavey em Washington e
Brendan O'Brien em Milwaukee)
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 22237141))
REUTERS MCP PF


Assuntos desta notícia