Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Howard Schneider
MINNEAPOLIS, EUA, 15 Mai (Reuters) – O crescimento econômico
contínuo dos Estados Unidos e uma perspectiva positiva não
fizeram nada para elevar a taxa de juros neutra, afirmou o
presidente do Federal Reserve de San Francisco, John Williams,
em declarações nesta terça-feira que destacam o debate no banco
central norte-americano sobre como os juros podem subir em seu
movimento de normalização da política monetária.
Em questão estão várias estimativas da taxa de juros neutra,
em se o atual crescimento mais forte pode elevá-la, como o
vice-chair do Fed para supervisão financeira, Randal Quarles, e
outros vêm sugerindo recentemente.
Williams, que em breve assuminará com vice-chair ao ocupar a
chefia do Fed de Nova York, afirmou ao Clube Econômico de
Minnesota acreditar que tal otimismo é "equivocado", e que a
taxa neutra permanece em cerca de 2,5 por cento por forças de
longo prazo como o envelhecimento da população e a demanda
global por ativos seguros.
A taxa neutra é um nível de juros que nem encoraja nem
desencoraja as decisões econômicas, e é consistente com inflação
estável e emprego forte.
A taxa referencial do Fed se aproximará de 2,5 por cento
após mais três altas dos juros, talvez até o final deste ano,
forçando o Fed a reconhecer que a era de política expansionista
chegou ao final, reformulando seu comunicado e fornecendo alguma
indicação do que acontecerá em seguida.
Williams disse concordar que aumentos dos juros são "a
direção correta para a política monetária", mas que não vê
evidências de que os juros neutros estão subindo apesar de um
cenário positivo e impulsos como a política fiscal, que pode
significar crescimento mais forte.
(Reportagem de Howard Schneider)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO CV


Assuntos desta notícia

Join the Conversation