Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Os índices de Wall Street reverteram as perdas nesta sessão, com os investidores digerindo as declarações do governo norte-americano nas redes sociais sobre um possível ataque com mísseis contra a Síria. Além disso, o início da temporada de balanços corporativos deve ofuscar o temor de uma guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Ao final, o S&P ficou em alta de 0,83% aos 2.663 pontos. O Dow Jones ficou em alta de 1,21% aos 24.483 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 1,01% a 7.140 pontos.

MetaTrader 300×250

As preocupações geopolíticas continuaram pesando nos mercados depois que Trump sinalizou nesta quarta-feira, via Twitter, que um ataque de mísseis contra a Síria não estava longe: “Prepare-se, Rússia!” Hoje, em uma nova postagem, Trump reverteu a declaração. “Nunca disse quando um ataque à Síria aconteceria. Pode ser em breve ou não tão cedo! ”

A possibilidade de um ataque ocidental contra o presidente sírio, Bashar al-Assad, apoiado pela Rússia, vem crescendo desde que um ataque de armas químicas, sancionado pelo governo, matou civis em Damasco no fim de semana.

Entre as ações com ganhos ficaram as ações da BlackRock Inc, 1,5%, depois que a gigante de gestão de ativos informou ganhos e receita acima das estimativas.

A Delta Air Lines Inc subiu 2,9%, depois de relatar ganhos do primeiro trimestre e vendas que superaram as previsões, embora desde uma perspectiva pessimista para o resto do ano.

Indicadores

Nos Estados Unidos, na semana encerrada em 07 de abril, os pedidos iniciais de seguro desemprego ajustado sazonalmente foi de 233 mil, uma queda de 9 mil em relação ao nível não revisado da semana anterior de 242 mil. A média móvel de quatro semanas foi de 230 mil, um aumento de 1.750 da média não revisada da semana anterior de 228.250.

Reclamações em procedimentos em Porto Rico e nas Ilhas Virgens ainda não voltaram ao normal.

A taxa de desemprego antecipado com ajuste sazonal foi de 1,3% para a semana encerrada em 31 de março, inalterada em relação à taxa não revisada da semana anterior.

Nos Estados Unidos, os preços de importação não registraram nenhuma alteração em março, informou hoje o Departamento do Comércio, depois de um aumento de 0,3% em fevereiro. Preços mais altos de produtos compensaram a queda nos preços do combustível importado em março. Os preços para as exportações dos Estados Unidos avançaram 0,3% em março, depois de subirem 0,2% no mês anterior. Os preços de importação não registraram variação em março, depois dos aumentos de 0,3% em fevereiro e de 0,8% em janeiro. O índice não caiu mensalmente desde a queda de 0,2% em julho de 2017. Os preços das importações dos Estados Unidos aumentaram 3,6% entre março de 2017 e março de 2018.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation