Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 13 Mar (Reuters) – O valor bruto da produção
agropecuária do Brasil deve alcançar 515,9 bilhões de reais em
2018, 5,2 por cento a menos do que em 2017, segundo as primeiras
avaliações do Ministério da Agricultura, afirmou a pasta em nota
nesta terça-feira.
O montante da agricultura deve alcançar 346,1 bilhões de
reais, enquanto o da pecuária deve ficar em 169,8 bilhões de
reais, ambos apresentando redução de 5,7 por cento e 4,1 por
cento, respectivamente, na comparação com a safra passada.
Segundo o ministério, alguns produtos têm pressionado o
valor total, com menores preços na comparação com 2017. São eles
arroz (-7,9 por cento), cana-de-açúcar (-11,9 por cento), feijão
(-26,4 por cento), laranja (-21,5 por cento), milho (-12,2 por
cento) e uva (-30 por cento).
"Milho, cana-de-açúcar e laranja têm participação expressiva
no valor total, por isso, seus resultados têm forte impacto no
faturamento da agricultura como um todo", disse José Garcia
Gasques, coordenador-geral de Estudos e Análises da Secretaria
de Política Agrícola, em nota.
O ministério, por outro lado, disse que o aumento nos preços
deve beneficiar outros produtos agrícolas, como algodão,
batata-inglesa, cacau, café, mamona, soja, tomate e trigo.
"Esse grupo vem se beneficiando de preços mais elevados do
que no ano passado, e simultaneamente de aumentos de produção. É
o caso da soja, produto que, nos últimos cinco anos, tem
apresentado valor da produção ascendente", ressaltou Gasques.

(Reportagem de Laís Martins; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; +55 11 5644 7715; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia