Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

DJIBOUTI, 9 Mar (Reuters) – O presidente dos Estados Unidos,
Donald Trump, foi quem tomou a decisão de realizar conversas com
o líder norte-coreano, Kim Jong Un, disse o secretário de Estado
norte-americano, Rex Tillerson, nesta sexta-feira, acrescentando
que serão necessárias "algumas semanas" para organizar o
encontro.
Trump disse estar preparado para encontrar com Kim, no que
seria a primeira reunião cara a cara entre os líderes dos dois
países e, possivelmente, marcaria um importante avanço na
redução das tensões com Pyongyang.
"Essa é uma decisão que o próprio presidente tomou. Eu falei
com ele bem cedo nesta manhã sobre essa decisão e nós tivemos
uma conversa muito boa", disse Tillerson a repórteres durante
visita ao países africano de Djibouti.
"O presidente Trump tem dito por algum tempo que ele estava
aberto ao diálogo e que estaria disposto a encontrar com Kim
quando as condições fossem certas", acrescentou.
((Tradução Redação Rio de Janeiro; 55 21 22237141))
REUTERS MCP PF


Assuntos desta notícia