Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

WASHINGTON, 12 Ago (Reuters) – O presidente dos Estados
Unidos, Donald Trump, pedirá na segunda-feira ao seu principal
conselheiro comercial que determine se deve investigar as
práticas comerciais chinesas que forçam as empresas
norte-americanas que operam na China a transferir propriedade
intelectual, disseram importantes autoridades neste sábado.
O movimento, que poderia levar a tarifas maiores sobre os
produtos chineses, chega num momento em que Trump pediu à China
que faça mais para reprimir o programa de mísseis nucleares da
Coreia do Norte, pois ameaça possíveis ações militares contra
Pyongyang.
Uma autoridade oficial, no entanto, insistiu que a diplomacia
sobre a Coreia do Norte e a potencial sondagem comercial eram
"totalmente não relacionadas", dizendo que a ação comercial não
era uma tática de pressão. "Estas são duas coisas diferentes",
disse, falando aos repórteres em teleconferência.
Trump orientará o representante comercial dos EUA, Robert
Lighthizer, para determinar se uma investigação é justificada de
"qualquer uma das leis, políticas, práticas ou ações da China
que possam ser pouco razoáveis ou discriminatórias", afirmou a
autoridade.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7732))
REUTERS PD


Assuntos desta notícia