Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 13 Jun (Reuters) – As ações da Gerdau
recuavam nesta quarta-feira, após a siderúrgica ser condenada em
segunda instância a pagar uma multa milionária em uma ação
ajuizada por dois sindicados de construção civil de São Paulo,
que acusam a siderúrgica e outros produtores de aços longos no
Brasil de terem infringido a legislação antitruste.

– De acordo com a Gerdau, a multa, que terá seu valor
atualizado pela contadoria judicial, correspondia em agosto de
2013 a 417,8 milhões de reais, disse a empresa em fato
relevante. Após a publicação do acórdão da decisão em segunda
instância, a companhia disse que vai buscar "todos os remédios
jurídicos cabíveis para defesa de seus direitos".

MetaTrader 300×250

– Por volta das 10:36, os papéis preferenciais da companhia
caíam 1,17 por cento, a 14,35 reais, enquanto o Ibovespa recuava
0,45 por cento. No setor siderúrgico, Usiminas PNA
cedia 0,84 por cento e CSN perdia 0,95 por cento.

– Segundo analistas do Itaú BBA, a decisão negativa é uma
surpresa para o mercado. "De acordo com nossos cálculos, a perda
potencial poderia chegar a 700 milhões de reais, ou 2,8 por
cento do valor de mercado atual. Como a Gerdau não provisionou
essa perda potencial, pode ter um impacto negativo no fluxo de
caixa livre e nos lucros nos próximos trimestres", afirmaram.

– Analistas do BTG Patcual, por sua vez, afirmaram que se
trata de um valor relativamente pequeno e, "mais importante, não
há indicações de uma saída de caixa iminente, já que essa
disputa provavelmente continuará por anos". "Embora isso possa
ser visto como um pouco negativo e relativamente fora do radar,
acreditamos que os riscos aqui permanecem bem contidos."

(Por Paula Arend Laier
Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; +55 11 5644 7764; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation