Clicky

MetaTrader 728×90

A Visa anunciou nesta semana que começou a testar um novo cartão de pagamento EMV com dupla interface (chip e contactless) junto aos bancos Mountain America Credit Union e o Bank of Cyprus. Esses são os primeiros projetos pilotos comerciais de um cartão para pagamentos por aproximação com autenticação biométrica no próprio cartão.

Com a autenticação biométrica ganhando impulso e a migração para o EMV bem encaminhada nos Estados Unidos, os pilotos do cartão de pagamento com biometria testarão o uso do reconhecimento da impressão digital como alternativa ao código PIN ou assinatura para autenticar a identidade do portador do cartão. Ambos os projetos estão sendo gerenciados pelo programa Visa Ready for Biometrics, uma nova vertical que contribui para a crescente demanda por soluções de autenticação biométrica.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

“O mundo aproximando-se aproxima rapidamente de um futuro sem senhas, pois os consumidores passam a entender o quanto as tecnologias biométricas podem facilitar a vida”, diz Jack Forestell, diretor global de soluções para comércios da Visa Inc. “Com os pagamentos eletrônicos se expandindo substancialmente mundo afora, a Visa está comprometida em desenvolver e investir em capacidades emergentes que ofereçam uma experiência de pagamento melhor e mais segura”.

Como funciona:

Quando o portador de cartão coloca o dedo no sensor, sua impressão digital é comparada ao modelo previamente cadastrado e armazenado de forma segura no cartão, para que a transação seja autenticada. Uma luz verde e uma vermelha integrada ao cartão indicam se o resultado da comparação foi positivo ou negativo. Outros benefícios do cartão de pagamento biométrico:

– Segurança robusta: os dados biométricos são armazenados e comparados localmente no cartão, o que garante a proteção dos dados e da privacidade do portador do cartão. Como cada pessoa tem dados biométricos únicos, os fraudadores têm mais dificuldade para atuar.

– Velocidade e conveniência: os cartões são compatíveis com a tecnologia contactless EMV, permitindo que seus portadores paguem de forma rápida e fácil aproximando os cartões de um terminal contactless.

– Alternativa ao código PIN ou assinatura: uma autenticação simples, via impressão digital, pode ser realizada diretamente no cartão como alternativa a um código PIN adicional ou assinatura.

– Dispensa upgrades nos equipamentos: o cartão biométrico é imediatamente compatível com os terminais de pagamento em uso ao redor do mundo na aceitação de pagamentos contactless ou por chip.

Os pilotos com o Mountain America Credit Union e do Bank of Cyprus tiveram início em janeiro de 2018 para avaliar a experiência do portador de cartão e a tecnologia dos cartões biométricos em diferentes ambientes de varejo. O piloto do Mountain America Credit Union utiliza tecnologia da Fingerprint Cards e Kona-I, enquanto o do Bank of Cyprus utiliza tecnologia da Gemalto.


Assuntos desta notícia