Clicky

MetaTrader 728×90

A Receita Federal em Santos reteve mais de 4 toneladas em mercadorias de alto valor agregado. A retenção do contêiner foi iniciada com o alerta gerado pela análise de imagens do escâner, onde foi detectado um padrão não-usual para o tipo de carga declarada.

Durante a fiscalização verificou-se que a carga declarada como sendo basicamente de artigos plásticos e de caixas metálicas era, na verdade, composta por outros produtos.

MetaTrader 300×250

Foram identificados na fiscalização: vinhos finíssimos (alguns com quase meio século de envelhecimento), suplementos nutricionais (inclusive de importação proibida), equipamentos médico-odonto-hospitalares (inclusive de uso radiológico), instrumentos eletrônicos, artigos de informática, armações de óculos de grau, peças automotivas, perfumes, armas de ar-comprimido, cabelos humanos, entre outros.

Na apreensão, ocorrida em nesta quinta-feira (14), foram identificados e classificados 424 itens, com valor total em torno de R$ 2,5 milhões. Durante o trabalho de análise e gerenciamento de risco, verificou-se que carga contendo declaração idêntica fora descarregada, simultaneamente, no Porto de Itajaí/SC. Lá, a fiscalização deparou-se com a mesma situação de flagrante descaminho.

Tendo o caso como exemplo, verificou-se a importância do forte investimento realizado pela Receita Federal em informatização e uso da tecnologia, dos treinamentos, da capacidade e dedicação do corpo funcional da Instituição e da preocupação com o fluxo de informações entre as Unidades, o que possibilitou uma rápida resposta frente ao flagrante descumprimento da legislação aduaneira.


Assuntos desta notícia