Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O barril do Petróleo Intermediário do Texas (WTI, leve) fechou nesta quinta-feira em alta de 1,2%, cotado a US$ 47,33, após um pregão volátil nos mercados de matérias-primas.

Ao final da sessão na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex), os contratos futuros do WTI para entrega em outubro, subiram US$ 0,56 em relação ao fechamento de ontem.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O barril do Texas recuperou parte do terreno perdido no dia anterior em mais um pregão volátil nos mercados de matérias-primas devido às expectativas pelos resultados da reunião de países produtores que acontece em setembro.

Por sua vez, os contratos de gasolina com vencimento para o mês que vem subiram US$ 0,01, para US$ 1,51 por galão (3,78 litros).

Já os contratos de gás natural com vencimento no mesmo mês subiram US$ 0,05 e fecharam em US$ 2,84 por cada mil pés cúbicos.

O barril de petróleo Brent para entrega em outubro fechou nesta quinta-feira em alta de 1,26% no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 49,67.

O petróleo do Mar do Norte terminou a sessão no International Exchange Futures (ICE) US$ 0,62 acima do valor final da sessão de ontem, que foi de US$ 49,05.

O preço do barril se recuperou da queda de ontem, mas continua abaixo da barreira dos US$ 50.

Nesta quinta-feira, o ministro do Petróleo do Irã, Bijan Namdar Zanghaneh, confirmou à agência local “Shana” que comparecerá à reunião informal entre os integrantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que acontecerá no final de setembro na Argélia.

Teerã havia informado anteriormente que não tinha tomado uma decisão sobre sua presença nessa reunião, que acontecerá em paralelo ao Fórum Internacional de Energia, que reúne produtores e consumidores.

O Irã é terceiro maior produtor entre os países exportadores de petróleo e poderia apoiar uma ação conjunta para impulsionar o mercado dessa commodity, o que poderia levar a acordo para congelar os níveis de produção.

Os mercados esperam que os países-membros da Opep cheguem a um acordo nessa reunião para realizar uma série de medidas conjuntas que ajudem a estabilizar os preços do petróleo.

Com Ag. Efe


Assuntos desta notícia