Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O Bradesco apresentou os resultados financeiros referentes ao primeiro trimestre de 2017, com destaque para a consolidação, a partir de primeiro de julho de 2016, das informações do HSBC Bank Brasil e suas controladas (HSBC Brasil):

O lucro líquido ajustado do primeiro trimestre de 2017 foi de R$ 4,648 bilhões (aumento de 13,0% em relação ao ajustado de R$ 4,113 bilhões do primeiro trimestre de 2016), correspondendo a R$ 3,19 por ação e rentabilidade de 18,3% sobre o patrimônio líquido médio ajustado.

MetaTrader 300×250

Quanto à origem, o lucro líquido é composto por R$ 3,274 bilhões provenientes das atividades financeiras, correspondendo a 70,4% do total, e por R$ 1,374 bilhão gerado pelas atividades de seguros, previdência e capitalização, representando 29,6% do total.

Em março de 2017, o valor de mercado do Bradesco era de R$ 178,208 bilhões, apresentando evolução de 24,0% em relação a março de 2016.

4. Os ativos totais, em março de 2017, registraram saldo de R$ 1,294 trilhão, crescimento de 17,5% em relação ao saldo de março de 2016. O retorno sobre os ativos totais médios foi de 1,4%.

A Carteira de Crédito Expandida, em março de 2017, atingiu R$ 502,714 bilhões, com aumento de 8,5% em relação ao saldo de março de 2016. As operações com pessoas físicas totalizaram R$ 171,820 bilhões (crescimento de 16,3% em relação a março de 2016), enquanto as operações com pessoas jurídicas atingiram R$ 330,894 bilhões (aumento de 4,9% em relação a março de 2016).

Os Recursos Captados e Administrados somaram R$ 1,944 trilhão, um crescimento de 22,3% em relação a março de 2016.

O Patrimônio Líquido, em março de 2017, somou R$ 104,558 bilhões, 12,0% superior a março de 2016. O Índice de Basileia III, apurado com base no Conglomerado Prudencial, registrou 15,3%, sendo 12,0% de Capital Nível I.

Aos acionistas foram pagos e provisionados, a título de Juros sobre o Capital Próprio, R$ 1,845 bilhão relativo ao lucro gerado no primeiro trimestre de 2017, sendo R$ 300,551 milhões pagos na forma de mensais, e R$ 1,544 bilhão provisionado.

A Margem Financeira de Juros atingiu R$ 15,900 bilhões, no primeiro trimestre de 2017, apresentando crescimento de 7,9% em relação ao primeiro trimestre de 2016.

O Índice de Inadimplência superior a 90 dias encerrou março de 2017 em 5,6%, valor que se reduz para 5,2%, desconsiderando um cliente corporativo específico, que já estava totalmente provisionado (5,5% em dezembro de 2016 e 4,2% em março de 2016).

O Índice de Eficiência Operacional (IEO), em março de 2017, foi de 40,8% (37,2% em março de 2016), enquanto no conceito “ajustado ao risco” foi de 53,1% (47,1% em março de 2016).

Os Prêmios Emitidos de Seguros, Contribuição de Previdência e Receitas de Capitalização atingiram o montante de R$ 17,948 bilhões no primeiro trimestre de 2017, evolução de 18,2% em relação ao mesmo período de 2016. As Provisões Técnicas alcançaram R$ 229,433 bilhões, apresentando uma evolução de 25,4% em relação ao saldo de março de 2016.

Os investimentos em infraestrutura, informática e telecomunicações somaram R$ 1,408 bilhão, no primeiro trimestre de 2017, com evolução de 1,3% em relação ao primeiro trimestre de 2016.

Os impostos e contribuições, inclusive previdenciárias, pagos ou provisionados, somaram, no primeiro trimestre de 2017, R$ 9,700 bilhões, sendo R$ 3,531 bilhões relativos aos tributos retidos e recolhidos de terceiros e R$ 6,169 bilhões, apurados com base nas atividades desenvolvidas pela Organização Bradesco, equivalentes a 132,7% do Lucro Líquido Ajustado.

O Bradesco disponibiliza aos seus clientes uma extensa Rede de Atendimento no País, destacando-se 5.122 Agências e 3.971 Postos de Atendimento – PAs. Também, estão disponíveis aos clientes Bradesco: 1.004 Postos de Atendimento Eletrônico – PAEs, 38.525 Pontos Bradesco Expresso, 36.095 máquinas da Rede Bradesco e 20.584 máquinas da Rede Banco24Horas.

A remuneração do quadro de funcionários, somada aos encargos e benefícios totalizou, no primeiro trimestre de 2017, R$ 4,244 bilhões. Os benefícios proporcionados aos 106.644 funcionários da Organização Bradesco e seus dependentes somaram R$ 1,133 bilhão, e os investimentos em programas de formação, treinamento e desenvolvimento totalizaram R$ 31,451 milhões.


Assuntos desta notícia