Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

BUENOS AIRES, 3 Mai (Reuters) – As pesadas chuvas nos
últimos dias desacelerou a colheita de soja na Argentina, nas
regiões central e sul do cinturão agrícola dos Pampas, enquanto
a seca no norte permitiu uma colheita rápida, informou a Bolsa
de Cereais de Buenos Aires nesta quinta-feira.
As preciptações não vieram a tempo de salvar centenas de
hectares de soja atingidos pela seca de novembro até o fim de
abril.
Agora que o tempo seco e quente incomum acabou, chuvas
excessivas estão criando condições encharcadas nas quais
colheitadeiras estão ficando atoladas na lama conforme
agricultores tentam colher suas safras de soja e milho.
"Até o momento, 61,8 por cento da soja está colhida. A média
de rendimentos subiu para 2,34 toneladas por hectare", disse a
bolsa em seu relatório semanal sobre as safras.
"Nesse cenário, nós mantemos nossa estimativa para a
produção final a 38 milhões de toneladas".
A colheita do milho começou na maior parte do cinturão
agrícola dos Pampas.
"De qualquer maneira, as chuvas atrapalharam a colheita de
milho tardio em várias partes da região agrícola", disse o
relatório.
Até esta quinta-feira, a bolsa disse que 32,5 por cento da
safra de milho 2017/18 havia sido colhida, com a média de
rendimento nacional a 7,16 toneladas por hectare. A bolsa
manteve sua estimativa final da safra de milho a 32 milhões de
toneladas.
(Por Hugh Bronstein)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM RS


Assuntos desta notícia