Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 12 Abr (Reuters) – O Santander Brasil
lançou nesta quinta-feira um serviço de transferência
internacional de recursos por meio do blockchain, tecnologia
baseada em registros compartilhados.
Segundo o banco, o serviço permite que os valores sejam
transferidos ponta a ponta em até duas horas, desde que a
operação aconteça dentro do expediente bancário no país de
destino, em vez dos cerca de dois dias do prazo atual.
"A funcionalidade está disponível no Brasil, na Espanha, no
Reino Unido e na Polônia, e deve ser estendida a outros países
nos próximos meses", afirmou o banco, em nota.
Por enquanto, os clientes serão isentos de tarifas nas
trasnsferências feitas por este canal. O valor que chegará à
conta do destinatário, na moeda de destino, será informado no
momento de efetivação da transação.
Na aplicação, o Santander usou o xCurrent, tecnologia da
Ripple, da California.
A funcionalidade estará disponível inicialmente para os
clientes Select, e será estendida a todos os segmentos até o fim
de junho. Inicialmente, o serviço permitirá o envio de libras
esterlinas do Brasil para o Reino Unido, em operações
equivalentes a até três mil dólares.
Até o fim de junho, também poderão ser feitas remessas de
euros para a Espanha. Transferências para os demais países da
União Europeia estão previstas para o segundo semestre. A partir
de 2019, serão liberados o envio de dólares para os Estados
Unidos e o recebimento de remessas em reais no Brasil.

(Por Aluísio Alves
Edição de Maria Pia Palermo)
((aluisio.pereira[email protected]; + 55 11 5644-7712;
Reuters Messaging:
[email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation