Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

(Repete para clientes adicionais)
Por Carolina Mandl e Tatiana Bautzer
SÃO PAULO, 13 Mar (Reuters) – A holandesa Paper Excellence
apresentou uma oferta formal para comprar a Fibria Celulose
, entrando na disputa com a rival Suzano Papel e
Celulose, que negocia há algumas semanas uma potencial união das
duas companhias, disseram nesta segunda-feira três fontes com
conhecimento direto do assunto.
De acordo com as fontes, a oferta da Paper Excellence avalia
a Fibria em 40 bilhões de reais, um prêmio acima de 10 por cento
em relação ao preço de fechamento da ação de sexta-feira.
As ações da Fibria, maior produtora de celulose de eucalipto
do mundo, fecharam em alta de 2,95 por cento, a 69,55 reais,
enquanto o Ibovespa teve valorização de 0,6 por cento.
As ações da Suzano lideraram as perdas no Ibovespa nesta
segunda-feira, recuando 4,45 por cento, em meio a receios de que
a companhia possa ter que elevar sua oferta para se unir à
Fibria sob risco de perder sinergias que poderiam ser obtidas
com a operação.
A Paper Excellence também ofereceu uma multa por desistência
de 4 bilhões de reais se não conseguir financiamento para a
oferta, disseram as fontes.
A empresa, da família Wijaya que também controla a indonésia
Asia Pulp & Paper SINAMS.UL , decidiu fazer a oferta após
reportagens de negociações de fusão da Fibria com a concorrente
Suzano Papel e Celulose SUZB3.SA , acrescentaram as fontes.
Segundo uma das fontes, a oferta da Suzano para os
acionistas da Fibria seria estruturada de forma diferente, como
uma fusão oferecendo dinheiro apenas aos acionistas do grupo
controlador, Votorantim VOTOR.UL e BNDES BNDES.UL . A
companhia resultante teria ativos da Fibria e da Suzano. Alguns
acionistas teriam a opção de sair de suas participações e
receber em dinheiro.
A oferta da Paper Excellence é mais simples e envolve
pagamento em dinheiro para todos os acionistas, disseram as
fontes.
Representantes da Fibria e da Paper Excellence não
responderam a pedidos por comentários. Uma quarta fonte, próxima
da Fibria, afirmou que o conselho da companhia não está
planejando uma reunião para considerar as ofertas em algum
momento em breve.
Segundo a fonte, os interessados na empresa estão negociando
com os acionistas controladores. A administração da Fibria não
foi envolvida ainda nas discussões.
Na semana passada, a Suzano reiterou que estava em
tratativas com acionistas controladores da Fibria para discutir
uma fusão. urn:newsml:reuters.com:*:nL2N1QQ23L urn:newsml:reuters.com:*:nL2N1QR0NA
O BNDES também tem uma participação na Suzano. As fontes
acrescentaram que o apoio do BNDES será decisivo para fechar um
acordo.
O jornal Valor Econômico reportou mais cedo nesta
segunda-feira a oferta da Paper Excellence, que no ano passado
apresentou oferta para comprar a Eldorado Brasil Celulose por
4,7 bilhões de dólares. A Eldorado possui um grande complexo
fabril e base florestal em Três Lagoas (MS), mesma cidade em que
a Fibria também mantém uma fábrica e floresta própria.
((Edição Redação São Paulo, 5511 5644-7727))


Assuntos desta notícia