Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

(Repete texto publicado na noite de quinta-feira)
SÃO PAULO, 11 Jan (Reuters) – A Monsanto informou
nesta quinta-feira que pretende começar a vender em 2020 no
Brasil uma nova geração de soja transgênica, a INTACTA2 XTEND,
que terá a adição de um gene que a fará tolerante ao herbicida
dicamba, ampliando o controle de ervas daninhas.
A multinacional dos EUA informou que apresentará a
tecnologia em feira agrícola em Maracaju (MS), na próxima
semana.
A previsão é de que a nova soja esteja em campos
demonstrativos de produtores brasileiros na safra 2019/20, para
ser comercializada a partir de 2020.
O dicamba foi alvo de polêmica nos Estados Unidos no ano
passado. Produtores e especialistas disseram que o pesticida
danificou safras após se evaporar e ser carregado pelo vento,
enquanto a Monsanto afirmou que a tecnologia é segura quando
aplicada corretamente.
O uso de dicamba terá regras mais rigorosas nos EUA neste
ano, ao passo que a agência de proteção ambiental dos EUA
poderia bloquear as vendas do produto se as reclamações
persistirem.
A Monsanto foi pioneira em transgênicos no Brasil, sendo
líder de mercado.
O lançamento da nova soja foi anunciado após a Monsanto
enfrentar recentemente um processo de produtores no Brasil, que
buscam a nulidade da patente da soja Intacta RR2
Pro.
Essa tecnologia já é utilizada em mais de 50 por cento da
área do Brasil, o maior exportador global de soja, que utiliza
transgênicos em mais de 90 por cento de seu plantio.

NOVA SOJA
Segundo a Monsanto, a soja com a tecnologia INTACTA2 XTEND
ampliará o controle de plantas daninhas, incluindo as de folhas
largas resistentes ao herbicida glifosato, como buva, caruru,
corda-de-viola e picão-preto.
"A Monsanto sempre aplicou seus esforços para entregar ao
produtor soluções que aumentem sua produtividade e facilitem o
dia a dia na lavoura", disse em nota o gerente da Monsanto para
a América do Sul, Fábio Passos, responsável pelo lançamento da
soja INTACTA2 XTEND.
As três proteínas Bt presentes na soja INTACTA2 XTEND ainda
proporcionarão um manejo mais robusto de lagartas que já são
alvos da soja com tecnologia INTACTA RR2. A empresa disse que a
nova soja oferecerá também proteção contra danos das principais
espécies do gênero Spodoptera, além da helicoverpa e elasmo.

MetaTrader 300×250

(Por Roberto Samora e Marcelo Teixeira, com reportagem
adicional de Tom Polansek; edição de Luciano Costa e Marta
Nogueira)
(([email protected] 5511 5644 7751 Reuters
Messaging: roberto.samora.[email protected]))


Assuntos desta notícia