Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

(Repete texto publicado na noite de segunda-feira)
NOVA YORK, 14 Fev (Reuters) – O Brasil vai colher um recorde
de 59,15 milhões de sacas de 60 kg de café na safra 2018/19,
acima das 48,17 milhões de sacas do ano anterior, previu a
exportadora Terra Forte em um relatório visto pela Reuters nesta
quarta-feira.
A projeção está em linha com outras estimativas, com a
trading brasileira Comexim estimando a produção em 60,7 milhões
de sacas e uma pesquisa da Reuters colocando-a em 60 milhões.

O Brasil, maior produtor e exportador de café do mundo, deve
colher 15,53 milhões de sacas de robusta (conilon), 40 por cento
acima das 11,08 milhões de sacas em 2017/18, disse a Terra
Forte, após uma viagem por regiões de arábica e robusta.
"Nós notamos uma recuperação muito forte no Espírito Santo e
especialmente Bahia. A safra começou a voltar a níveis normais,
embora acreditemos que o potencial total será alcançado em
19/20", disse o relatório, referindo-se ao café robusta.
A Terra Forte estimou a produção de arábica em 43,62 milhões
de sacas, 18 por cento acima das 37,09 milhões de sacas em
2017/18.
A produção de café brasileira tipicamente segue um ciclo
natural de produzir volumes maiores a cada dois anos.
(Por Marcy Nicholson)
(Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS LM RS

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation