Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

(Repete texto publicado na noite de segunda-feira)
SÃO PAULO, 16 Abr (Reuters) – Acionistas da Biosev, segunda
maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, aprovaram nesta
segunda-feira aumento de capital mediante subscrição privada no
valor de até 4,79 bilhões de reais, com a emissão privada de
pouco mais de 1,1 bilhão de novas ações ordinárias, segundo ata
de assembleia.
A companhia de açúcar e etanol, braço sucroenergético do
grupo de commodities Louis Dreyfus, havia anunciado antes uma
proposta de aumento de capital junto a um acordo preliminar com
11 instituições financeiras para extensão e renovação de 67 por
cento de seu endividamento bancário, no valor 3,66 bilhões de
reais.
Esse acordo com os bancos está condicionado a um aumento de
capital que prevê, entre outras coisas, recebimento de 1,05
bilhão de dólares do acionista controlador, a Dreyfus, que tem
mais de 70 por cento da empresa.
A companhia espera que, com a reestruturação da dívida,
poderá passar a registrar melhores resultados financeiros.
A Biosev informou na semana passada que fechou a
safra 2017/18, em 31 de março, com a maior moagem da história,
em meio a uma maior utilização da capacidade instalada e
investimentos abaixo do previsto.
Em fato relevante, a Biosev relatou processamento de 32,7
milhões de toneladas de cana, alta de 3,6 por cento sobre o
ciclo anterior.

(Por Roberto Samora; edição de Aluísio Alves)
(([email protected] 5511 5644 7751 Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation