Clicky

MetaTrader 728×90

Por Kate Duguid
NOVA YORK, 26 Jan (Reuters) – Os rendimentos dos Treasuries
reduziram os ganhos nesta sexta-feira depois de dados mostrarem
que a economia dos Estados Unidos cresceu 2,6 por cento no
último trimestre de 2017, contra expectativa de alta de 3 por
cento entre os economistas consultados pela Reuters.
A estimativa para o Produto Interno Bruto oferece uma visão
da economia dos EUA antes dos cortes de impostos do presidente
Donald Trump causarem efeito. A resposta do mercado foi muda,
com os rendimentos dos títulos de 10 anos se movendo
em torno de um ponto básico, sugerindo que investidores
continuam confiantes na saúde da economia e no plano do Federal
Reserve, banco central dos EUA, de elevar as taxas de juros em
março.
"Embora o índice tenha ficado abaixo das expectativas…, a
composição do crescimento foi bem forte para o quarto
trimestre", disse Guy LeBas, estrategista chefe de renda fixa no
Janney Montgomery Scott.
O número do PIB "deve dar a diretores do Federal Reserve
alguma cobertura para oferecer um comunicado mais forte na
reunião de janeiro do Fomc na próxima semana", disse LeBas.
Os rendimentos subiram mais cedo, antes das declarações de
Trump no Fórum Econômico Mundial em Davos, Suíça. Trump alertou
que Washington não vai mais tolerar comércio injusto, dizendo
que práticas predatórias estavam distorcendo os mercados.

Uma queda no comércio exterior dos EUA é vista como um dano
potencial ao crescimento econômico no longo prazo, o que pode
ter levado à alta dos rendimentos.
Às 13h58 (horário de Brasília), o rendimento do Treasury de
10 anos era de 2,6525 por cento, contra 2,621 por cento na
quinta-feira. O de 30 anos rendia 2,9042 por cento,
ante 2,880 por cento na sessão anterior.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7757))
REUTERS ID CMO

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia