Clicky

MetaTrader 728×90

Por Kate Duguid
NOVA YORK, 22 Jan (Reuters) – Os rendimentos dos Treasuries
atingiram a máxima em mais de três anos nesta segunda-feira, com
os investidores ignorando a paralisação do governo dos Estados
Unidos e prevendo que ela não terá impacto significativo de
longo prazo sobre a economia.
Tanto republicanos –que controlam a Casa Branca e o
Congresso– quanto democratas devem enfrentar pressão para
aliviar as tensões econômicas que resultarem da paralisação,
portanto é provável que os cortes de gastos federais no curto
prazo sejam seguidos por despesas agregadas no futuro.
"Não acho que a paralisação importe muito", disse o
economista-chefe do Jefferies LLC, Ward McCarthy.
O rendimento do título de 10 anos do governo dos
EUA chegou a atingir 2,672 por cento nesta sessão, nível mais
alto desde julho de 2014, mas era negociado a 2,6352 por cento
por volta das 14:35 (horário de Brasília).
Na sexta-feira, esse vencimento quebrou a máxima de 2017 de
2,64 por cento, nível de suporte técnico. Alcançá-lo significa
que os rendimentos que estão em 2,64 por cento ou abaixo disso
podem indicar que o mercado irá manter essas taxas no curto
prazo.
Se eles forem acima desse nível, o mercado provavelmente
testará a próxima marca de 2,710 por cento, ou 2,808 por cento,
que oferece o suporte mais forte em um venda generalizada.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO PD


Assuntos desta notícia