Clicky

MetaTrader 728×90

NOVA YORK, 11 Mai (Reuters) – A curva de juros dos
Treasuries dos Estados Unidos era a mais plana desde julho de
2007, com os rendimentos mais curtos aumentando as expectativas
de que o Federal Reserve, banco central norte-americano,
elevaria as taxas de juros do país apesar dos dados econômicos
mais fracos do que o esperado nesta semana.
Às 12:44 (horário de Brasília), os Treasuries de 10 anos
rendiam 2,9713 por cento, contra 2,971 por cento na
véspera. Os títulos de dois anos rendiam 2,5390 por
cento, ante 2,538 na sessão anterior. As notas de 30 anos
rendiam 3,1113 por cento, ante 3,121 por cento.
O spread entre os títulos de cinco anos e de 30 anos
atingiu a mínima do dia de 26,2 pontos-base nesta
sexta-feira, a menor desde antes da crise financeira em 2007. O
spread entre notas de dois e 10 anos estava em
41,0 pontos-base, o menor desde setembro de 2007.
Os rendimentos em notas com prazos mais curtos aumentaram
mais do que os títulos de prazo mais longo. O papel de dois
anos, em particular, reflete as expectativas dos investidores de
que o Fed aumentará as taxas de juros.
O rendimento de 10 anos, indica o sentimento do mercado
sobre a saúde futura da economia.
O rendimento dos bônus de 10 anos do governo norte-americano
caiu na véspera, com aumento menor que o esperado no índice de
preços ao consumidor em abril, reduzindo os temores de que a
inflação doméstica esteja acelerando à medida que o mercado de
trabalho se contrai.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 5644-7732))
REUTERS PD ID


Assuntos desta notícia