Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

NOVA YORK, 13 Out (Reuters) – Os rendimentos dos Treasuries
caíram para as mínimas de duas semanas nesta sexta-feira, após
os dados de preços ao consumidor nos Estados Unidos mostrarem
inflação baixa, decepcionando os investidores que esperavam
números maiores.
Os preços ao consumidor nos Estados Unidos registraram o
maior avanço em oito meses em setembro, com os preços da
gasolina subindo após as interrupções da produção relacionadas
com os furacões, que atingiram as refinarias de petróleo na área
da Costa do Golfo, mas a inflação permaneceu fraca.
Excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, os
preços ao consumidor subiram 0,1 por cento em setembro.
"Realmente não há nada para encobrir essa noção de que a
inflação está fraca e que é fraqueza em um sentido muito amplo",
disse o estrategista de juros da BMO Capital Markets, Aaron
Kohli. "O Fed apontou que a inflação está se recuperando e não
há dados para sustentar isso no momento."
Às 10:37 (horário de Brasília), os títulos de 10 anos
rendiam 2,2837 por cento, já tendo ido a 2,278 por
ceno na mínima do dia, menor patamar desde 27 de setembro, ante
rendimento de 2,323 por cento na véspera.
A ata da reunião de setembro do Federal Reserve, divulgada
na quarta-feira, mostrou que as autoridades estavam divididas
sobre as perspectivas de crescimento da inflação e o caminho das
altas futuras dos juros se isso não acontecer.
Outros dados divulgados nesta manhã mostraram que as vendas
no varejo dos Estados Unidos registraram o maior avanço em 2
anos e meio em setembro, provavelmente pelos esforços de
reconstrução e limpeza nas áreas devastadas pelos furacões
Harvey e Irma impulsionando a demanda por matérias-primas de
construção e veículos motorizados.
(Por Karen Brettell)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7509))
REUTERS TF PD


Assuntos desta notícia