Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

PEQUIM, 15 Mai (Reuters) – A produção diária de aço bruto na
China cresceu em abril para o maior patamar em pelo menos quatro
anos, mostraram dados oficiais nesta terça-feira, uma vez que as
usinas impulsionaram a fabricação para aproveitarem as fortes
margens após o fim dos cortes de inverno.
A produção total de aço no maior produtor mundial subiu para
76,7 milhões de toneladas em abril, um aumento de 3,7 por cento
em relação a março e de 4,8 por cento em relação a abril do ano
anterior, de acordo com dados do Escritório Nacional de
Estatísticas (NBS, na sigla em inglês).
A produção média diária atingiu 2,56 milhões de toneladas no
mês passado, a mais forte desde maio de 2014.
O aumento veio depois que as cidades ao norte da China
suspenderam as rigorosas restrições de capacidade impostas
durante os cinco meses do inverno, como parte dos esforços de
Pequim para combater a poluição.
Essas restrições terminaram oficialmente em 15 de março,
embora o importante centro de produção de aço Handan tenha
estendido o limite de produção de 50 por cento da capacidade
total até o final de março.
A produção nos primeiros quatro meses do ano foi de 288,97
milhões de toneladas, um aumento de 5 por cento em relação ao
mesmo período do ano anterior, mostraram os dados do NBS.
(Por Muyu Xu e Josephine Mason)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS JRG RS


Assuntos desta notícia

Join the Conversation