Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Ruby Lian e Josephine Mason
XANGAI, 14 Nov (Reuters) – A produção média diária de aço
bruto da China caiu pelo segundo mês consecutivo em outubro ante
o mês anterior, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo
governo, já que as principais siderúrgicas do mundo cortaram a
produção para reduzir a poluição atmosférica no inverno.
A produção diária de aço caiu 2,5 por cento para 2,334
milhões de toneladas em outubro, ante 2,394 milhões de toneladas
no mês anterior, de acordo com os cálculos da Reuters com base
nos dados da Agência Nacional de Estatísticas da China.
A produção mensal ainda subiu 0,7 por cento para 72,36
milhões de toneladas em outubro, que tem um dia mais do que
setembro, e também cresceu 6,1 por cento em relação ao ano
anterior, segundo com os dados.
As usinas de aço em grandes cidades produtoras incluindo
Tangshan e Handa, na província de Hebei, foram orientadas a
reduzir em grande parte a produção nos meses de inverno, quando
o governo tenta controlar a poluição e limpar o céu.

Qiu Yuecheng, analista da plataforma de comércio de aço
Xiben New Line E-Commerce, espera que a produção média de aço
bruto caía abaixo de 2,3 milhões de toneladas em novembro,
enquanto 28 cidades vão implementar completamente os cortes de
produção entre meados de novembro e março.
O corte de capacidade e as restrições de produção
impulsionadas pela repressão ambiental aumentaram os preços
chineses do aço em 46 por cento até o momento em 2017.

MetaTrader 300×250

(Por Ruby Lian e Josephine Mason)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447745))
REUTERS TH RBS


Assuntos desta notícia

Join the Conversation