Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 14 Mar (Reuters) – O diretor-geral da Organização
Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou nesta
quarta-feira que as probabilidades de uma guerra comercial
aumentaram depois de os Estados Unidos anunciarem imposição de
tarifas de importação sobre aço e alumínio.
"Com relação à possibilidade de uma guerra comercial, eu
diria que depois do anúncio das medidas, as probabilidades de
uma coisa dessa acontecer subiram", disse Azevêdo a jornalistas
durante o Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em São
Paulo.
"Mas com o início do diálogo com outros países para ver se
há a possibilidade de se excetuar alguns, excetuar produtos,
mitigar o impacto da medida, quem sabe isso ofereça um caminho
para evitar uma situação de atritos irreversíveis", acrescentou.
O diretor-geral da OMC afirmou ainda que conversou com
autoridades brasileiras e que até o momento nenhuma resposta foi
descartada em relação às medidas dos Estados Unidos.
O governo dos EUA impôs na semana passada tarifas de 25 por
cento sobre importações de aço e 10 por cento sobre importações
de alumínio.

(Por Laís Martins, texto Maria Pia Palermo, edição Alberto
Alerigi Jr.)
(([email protected]; +55 21 5644-7505;
Reuters Messaging:
[email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia