Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

NOVA YORK/LONDRES, 11 Mai (Reuters) – Os contratos futuros
do açúcar bruto na ICE caíram nesta sexta-feira, com a
perspectiva de um excesso de oferta mantendo o mercado
pressionado, enquanto os preços do café arábica também cederam
dado o enfraquecimento do real ante o dólar.
O contrato julho do açúcar bruto encerrou em baixa de
0,05 centavo de dólar, ou 0,4 por cento, a 11,22 centavos de
dólar por libra-peso, fechando a semana com perda de 2,5 por
cento, a décima semana de queda nas últimas 11.
Operadores citaram, como fator de pressão, a forte moagem de
cana no centro-sul do Brasil neste início de safra, dado o tempo
seco na região, o que favorece os trabalhos de campo.

"É mais açúcar (do Brasil) e, com a Índia indo para uma
produção recorde, não é de surpreender que o mercado esteja em
baixa", disse um operador.
O açúcar branco para agosto caiu 2,70 dólares, ou
0,8 por cento, a 320,70 dólares por tonelada.
Quanto ao café, o contrato julho do arábica teve
queda de 0,15 centavo de dólar, ou 0,13 por cento, a 1,194 dólar
por libra-peso. O contrato terminou a semana em baixa de 2,6 por
cento, a pior performance semanal para o segundo contrato em
três meses.
A fraqueza da moeda do Brasil pressionou os preços do
arábica, já que o país é o maior produtor dessa variedade, assim
como de açúcar, e um real mais fraco encoraja os produtores a
vender as commodities denominadas em dólar, disseram operadores.
O café robusta para julho subiu 15 dólares, ou 0,9
por cento, a 1.758 dólares por tonelada.
(Por Marcy Nicholson e Nigel Hunt)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM JRG

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia