Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

TÓQUIO, 1 Dez (Reuters) – O índice nacional de preços ao
consumidor do Japão avançou em outubro em relação ao ano
anterior, marcando o 10º mês seguido de alta, mas a medida que
exclui a energia mostrou que a inflação não acelera por três
meses consecutivos.
O núcleo do índice de preços ao consumidor, que inclui
produtos de petróleo mas exclui os voláteis preços de alimentos
frescos, subiu 0,8 por cento em outubro ante o ano anterior,
devido ao avanço nos preços da gasolina, querosene e saúde, de
acordo com dados divulgados nesta sexta-feira.
O resultado igualou a expectativa em pesquisa da Reuters
após alta de 0,7 por cento em setembro.
Mas eliminando o efeito de alimentos frescos e energia, o
chamado núcleo do núcleo dos preços ao consumidor avançou 0,2
por cento em outubro sobre o ano anterior, igualando os
resultados de setembro e agosto e levantando preocupações de que
as pressões inflacionárias não estão aumentando.
(Reportagem de Stanley White e Chris Gallagher)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO


Assuntos desta notícia

Join the Conversation