Clicky

MetaTrader 728×90

Por David Morgan e Richard Cowan
WASHINGTON, 10 Nov (Reuters) – Os republicanos do Senado dos
Estados Unidos apresentaram um plano tributário na quinta-feira
diferente da versão da Câmara dos Deputados em vários tópicos
importantes, incluindo a maneira como tratam a taxa corporativa,
a dedução para Estados e as taxas locais, além das estatais.
Em uma complicação para a investida republicana da maior
reforma da lei tributária norte-americana desde a década de
1980, os senadores disseram que, como a Câmara, eles querem
reduzir o imposto corporativo para 20 por cento de 35 por cento,
só em que em 2019, não imediatamente.
A Câmara deve votar sua medida na próxima semana após seu
comitê aprovar a legislação na quinta-feira, com os democratas
unidos em oposição.
O cronograma do Senado não está tão claro, sendo que um
projeto de lei ainda precisa ser esboçado na Casa, onde os
republicanos têm uma maioria muito menor e uma trajetória mais
estreita para conquistar a aprovação para qualquer legislação.
Enquanto o presidente Donald Trump viaja pela Ásia, os
republicamos reiteraram seu objetivo de aprovar a legislação até
o final do ano. Se isso acontecer, será a maior conquista
legislativa de Trump desde que assumiu o cargo em janeiro.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729))
REUTERS CMO


Assuntos desta notícia

Join the Conversation