Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Jessica Resnick-Ault
NOVA YORK, 18 Jan (Reuters) – O petróleo fechou com pouca
variação nesta quinta-feira, depois que os preços operavam em
queda no início da sessão, mas foram apoiados por uma redução
recorde dos estoques de petróleo dos EUA no centro de entrega de
Cushing, Oklahoma.
O mercado continua cauteloso sobre os cortes de produção
liderados pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo
(Opep), que irão desencadear aumentos de preços e permitir uma
elevação da oferta dos EUA.
O petróleo Brent fechou em queda de 0,07 dólar, a
69,31 dólares o barril. Na segunda feira, atingiu 70,37 dólares,
o maior nível desde dezembro de 2014.
O movimento foi pressionado pelos cortes de oferta da Opep e
por preocupação de que a agitação em nações produtoras, como a
Nigéria, poderia reduzir ainda mais a produção.
O petróleo dos EUA recuou 0,02 dólar, a 63,95 dólares
o barril, após atingir na terça-feira o seu maior nível desde
dezembro de 2014.
Os estoques de petróleo dos EUA caíram 6,9 milhões de barris
na semana passada, informou a Administração de Informações de
Energia dos Estados Unidos (AIE).
Os estoques no centro de entrega de Cushing, Oklahoma recuou
4,2 milhões de barris na semana, a maior queda desde pelo menos
2004.
(Por Jessica Resnick-Ault)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447745))
REUTERS TH MN

<^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
GRAPHIC: U.S. oil production soars on surging shale http://tmsnrt.rs/2DrO0Rm
COLUMN-Hedge fund bulls have left oil market looking very
stretched urn:newsml:reuters.com:*:nL8N1PB40V
As oil hits $70, warning lights flash up in Asia urn:newsml:reuters.com:*:nL8N1P5158
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^>

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia