Clicky

MetaTrader 728×90

Por Ahmad Ghaddar
LONDRES, 18 Mai (Reuters) – Os preços do petróleo Brent
avançavam nesta sexta-feira e estão caminhando para a sexta
semana consecutiva de ganhos, impulsionados pela forte demanda,
sanções contra o Irã, queda da produção venezuelana e
interrupções na Nigéria, enquanto a Arábia Saudita agiu para
amenizar as preocupações com a oferta.
O petróleo Brent subia 0,36 dólar, ou 0,45 por
cento, a 79,66 dólares por barril, às 9:40 (horário de
Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía 0,08 dólar,
ou 0,11 por cento, a 71,41 dólares por barril.
O banco britânico Barclays disse que espera preços médios de
70 dólares por barril para o Brent neste ano e 65 dólares para
2019, acima das estimativas anteriores de 63 e 60 dólares por
barril, respectivamente.
"Desde o mês passado, o declínio na produção da Venezuela, a
decisão de sanções impostas por (Donald) Trump ao Irã, uma nova
interrupção na Nigéria e evidências de uma nova rodada de lucros
dos produtores exigem uma revisão na previsão de preços", disse
o banco.
O aumento dos preços já despertou o alarme entre os grandes
países consumidores de petróleo.
A Arábia Saudita, líder da Opep, disse na quinta-feira que
vai garantir que o mundo receba adequadamente petróleo, enquanto
a Índia, um dos principais consumidores, expressou frustração
com a alta dos preços.
(Por Ahmad Ghaddar)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH JRG

<^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
GRAPHIC: Asia's oil thirst is expensive https://reut.rs/2wLchCf
GRAPHIC: Russia vs Saudi vs U.S. oil production https://reut.rs/2rNTili
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^>

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation