Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Devika Krishna Kumar
NOVA YORK, 16 Jan (Reuters) – Os preços do petróleo caíram
de máximas de três anos nesta terça-feira, com operadores
realizando lucros, mas uma forte demanda sustentou as cotações
perto de 70 dólares por barril, um nível não visto desde a
derrocada do mercado em 2014.
Os preços foram impulsionados pelas restrições de produção
dos membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo
(Opep) e da Rússia, bem como por uma demanda robusta em meio a
um otimismo com o crescimento econômico global.
O Brent caiu 1,11 dólar, ou 1,6 por cento, para
69,15 dólares o barril, depois de atingir uma mínima de 68,83
dólares na sessão. Na sessão de segunda-feira o Brent chegou a
um pico de 70,37 dólares o barril, máxima desde dezembro de
2014.
O petróleo dos EUA encerrou em queda de 0,57 dólar,
ou 0,9 por cento, a 63,73 dólares o barril. Mais cedo na sessão,
o contrato atingiu uma máxima de 64,89 dólares por barril,
também um pico desde dezembro de 2014.
Após as máximas em três anos, o ministro russo de Energia,
Alexander Novak, disse que o mercado de petróleo ainda não está
equilibrado e que o acordo global para reduzir a produção deve
continuar, pois a alta de preços pode ser atribuída também ao
clima frio.
(Por Devika Krishna Kumar)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447745))
REUTERS TH LC

<^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
ANALYSIS-U.S. oil industry set to break record, upend global
trade
^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^>

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia