Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

LONDRES, 22 Nov (Reuters) – Os preços do petróleo subiam
nesta quarta-feira, com os contratos dos Estados Unidos
atingindo máximas não vistas desde julho de 2015, após problemas
em um grande oleoduto prejudicar entregas do Canadá aos EUA,
onde os estoques também caíram.
O petróleo Brent subia 0,65 dólar, ou 1,04 por
cento, a 63,22 dólares por barril, às 8:46 (horário de
Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 1,06
dólar, ou 1,87 por cento, a 57,89 dólares por barril.
Os operadores atribuíram a alta a um corte de 85 por cento
na quantidade de petróleo que a TransCanada Corp
enviará aos Estados Unidos em seu oleoduto Keystone até o final
de novembro, anunciado pela empresa na terça-feira.
O Keystone, que transporta 590 mil barris por dia de
petróleo de Alberta para os mercados dos EUA, foi fechado na
semana passada após um vazamento de 5 mil barris em Dakota do
Sul.
Isso se soma à queda dos estoques de petróleo indicada pelo
Instituto Americano de Petróleo em seu relatório semanal na
terça-feira, que aponta que os estoques caíram 6,4 milhões de
barris na semana encerrada em 17 de novembro, muito acima das
expectativas dos analistas.
Os dados oficiais do governo dos EUA sobre produção e
estoques serão divulgados nesta quarta-feira.
(Por Polina Ivanova)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7509))
REUTERS TF LC


Assuntos desta notícia