Clicky

MetaTrader 728×90

NOVA YORK, 17 Mai (Reuters) – Os preços dos petróleo Brent
escalaram acima dos 80 dólares o barril nesta quinta-feira pela
primeira vez desde novembro de 2014, antes de recuarem pela
força do dólar e aumento na produção dos Estados Unidos,
fechando praticamente estáveis.
Um rápido declínio no fornecimento de petróleo da Venezuela,
a preocupação de que as sanções dos EUA atrapalharão as
exportações do Irã e a queda dos estoques globais se combinaram
para elevar os preços do petróleo em quase 20 por cento em 2018.
O dólar dos EUA atingiu seu nível mais alto em quatro meses
contra o iene , uma vez que o rendimento dos títulos do
governo dos EUA atingiu uma máxima de sete anos.
Um dólar mais forte. torna o petróleo mais caro para
as nações importadoras, como as da Ásia, que devem pagar uma
conta de um trilhão de dólares das suas importações este ano,
com a demanda no continente atingindo um recorde.
Os futuros do petróleo Brent atingiram uma máxima da
sessão de 80,50 dólares o barril, porém devolveram a maior parte
dos ganhos para fechar em alta de 0,02 dólar, a 79,30 dólares
por barril.
Já os futuros do petróleo dos EUA (WTI) ficaram
inalterados a 71,49 dólares o barril, depois de mais cedo também
tocarem sua máxima desde novembro de 2014 a 72,30 dólares o
barril.
(Por Jessica Resnick-Ault; Reportagem adicional por Henning
Gloystein e Ron Bousso)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM RS


Assuntos desta notícia

Join the Conversation