Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 17 Abr (Reuters) – A Petrobras elevará
o preço da gasolina nas refinarias em 0,49 por cento na
quarta-feira, para uma nova máxima dentro da era de reajustes
diários, a 1,7314 real por litro, de acordo com comunicado
publicado em seu site.
A nova sistemática de formação de preços da companhia, em
vigor desde julho do ano passado, busca seguir as oscilações nos
mercados internacionais de petróleo e gasolina, de modo que os
combustíveis vendidos pela empresa mantenham alguma paridade
ante o exterior.
Nos últimos dias, as cotações nas refinarias vêm renovando
máximas à medida que os valores internacionais do petróleo têm
se fortalecido.
Na segunda-feira, a Petrobras afirmou que não tem o poder de
formar preços de commodities e reiterou ainda que as revisões
podem ou não se refletir no preço final ao consumidor,
dependendo de repasses de distribuidores e revendedores.

Em paralelo, a petroleira disse que reduzirá a cotação do
diesel nas refinarias em 0,36 por cento na quarta-feira, para
1,9917 real por litro.
Desde o início dos reajustes diários, em julho, os preços de
diesel e gasolina nas refinarias acumulam alta de 26,4 e 25,1
por cento, respectivamente.

MetaTrader 300×250

(Por José Roberto Gomes; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; 55 11 5644 7762; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation