Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Andreas Rinke e Andrea Shalal
BERLIM, 10 Nov (Reuters) – Partidos alemães citaram
progresso nesta sexta-feira após três semanas de conversas sobre
uma coalizão de três vias, e seus líderes devem descartar
diferenças remanescentes sobre transporte e clima no domingo.
Os conservadores da chanceler Angela Merkel, que perderam
apoio para o partido da extrema-direita Alternativa para
Alemanha (AfD) na eleição de 24 de setembro, estão tentando
forjar um governo de coalizão com o pró-empresas Partido
Democrático Liberal (FDP, na sigla em alemão) e com os
ambientalistas do Partido Verde.
Os chefes dos partidos se juntaram na noite desta
sexta-feira para revisar progresso nas conversas até o momento,
mas não planejaram comunicados.
Eles esperavam inicialmente concordar no esboço de um acordo
de coalizão até esta sexta-feira após os dois partidos menores
derrubarem exigências sobre políticas de impostos e clima, mas
posteriormente decidiram se encontrar novamente no domingo antes
de um empurrão final de delegações completas para um esboço de
acordo na próxima semana.
Ainda assim, o tom foi mais otimista do que o do final da
semana anterior.
"Estamos seguindo para a reta final", disse Horst Seehofer,
chefe da União Social-Cristã, partido bávaro irmão da União
Democrata-Cristã (CDU), de Merkel, a repórteres.
Seehofer e o líder do FDP, Christian Lindner, disseram estar
otimistas que as conversas exploratórias podem ser fechadas na
próxima semana, abrindo espaço para semanas de negociações
detalhadas sobre os termos exatos de um contrato de coalizão.
Mas Michael Kellner, um negociador sênior do Partido Verde,
exigiu mais compromissos de outros partidos.
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759))
REUTERS ES


Assuntos desta notícia