Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 4 Mai (Reuters) – O Operador Nacional do Sistema
Elétrico (ONS) elevou sua projeção para a carga de energia do
sistema interligado do Brasil em maio, e agora vê uma alta de
2,9 por cento ante mesmo mês do ano passado, contra previsão de
crescimento de 2,2 por cento na semana anterior.
A expansão da carga, que representa a soma do consumo com as
perdas na rede elétrica, deve ser puxada pela região Sul, com
alta de 5,4 por cento, e pelo Sudeste, com 4,1 por cento,
enquanto no Norte deve haver retração de 7,3 por cento na
comparação anual, disse o ONS em relatório nesta sexta-feira.
No documento semanal, o ONS também reduziu as previsões de
chuvas na área dos reservatórios das hidrelétricas neste mês em
todas regiões do país.
No Sudeste, que concentra as hidrelétricas com os maiores
lagos, a expectativa é que as precipitações somem 81 por cento
da média histórica, contra 88 por cento esperados na semana
anterior.
No Nordeste, a projeção do ONS é de chuvas em 37 por cento
da média, contra 43 por cento antes. No Norte, a previsão foi
cortada para 88 por cento da média, contra 110 por cento
anteriormente.

(Por Luciano Costa; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; 5511 5644 7519;
Reuters Messaging: [email protected]
– Twitter: @AnaliseEnergia))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia