Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 18 Jan (Reuters) – O Ministério Público Federal
em São Paulo afirmou nesta quinta-feira que abriu processo civil
contra unidade brasileira do norte-americano BNY Mellon para
ressarcimento de 8,2 bilhões de reais em prejuízos causados ao
fundo de pensão dos funcionários dos Correios, o Postalis.
"O MPF requer que o BNY recompre as cotas de investimento do
Postalis pelos valores informados pelo próprio banco, num total
de 6,2 bilhões de reais (…) E devido ao grave dano moral
causado aos participantes, a ação pede o pagamento de 20 mil
reais a cada um, num valor total mínimo de 1,9 bilhão de reais",
afirmou o MPF em comunicado à imprensa.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição Paula Arend Laier)
(([email protected]; 5511-5644-7753; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia