Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 10 Out (Reuters) – Representantes da Moody's
visitarão o Brasil no primeiro trimestre de 2018 antes de
decidir sobre uma eventual ação sobre o rating do país, disse
nesta terça-feira o chefe de risco soberano da agência para a
América Latina, Mauro Leos.
Falando a investidores e analistas em São Paulo, Leos
afirmou ver sinais de melhora para o perfil de endividamento
brasileiro, incluindo a queda da Selic e o andamento de reformas
estruturais no Congresso Nacional.
O executivo também destacou a inflação mais baixa e a
retomada do PIB, mas ressalvou que uma melhora efetiva do
cenário do país demanda sinais de crescimento econômico
sustentado e a aprovação de mais reformas, incluindo a da
Previdência.
"Sair da recessão e aprovar a reforma da Previdência é
necessário, mas não suficiente", disse Leos.
A Moody's classifica o crédito do Brasil em moeda
estrangeira em "Ba2", com perspectiva negativa.

(Por Aluísio Alves; Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; +55 11 56447719; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia