Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

CIDADE DO MÉXICO, 24 Nov (Reuters) – A Monsanto informou que
a autoridade sanitária do setor agrícola do México, SENASICA,
revogou sua licença para comercializar soja geneticamente
modificada em sete Estados, e criticou a decisão, vista pela
empresa como injustificada.
A Monsanto disse em comunicado na quinta-feira que a licença
foi retirada por motivos legais e técnicos injustificados. A
empresa disse que tomará as medidas necessárias para
salvaguardar os seus direitos e os dos agricultores que utilizam
a tecnologia, mas não entrou em detalhes.
Autoridades da SENASICA não puderam ser encontradas para
comentar de imediato.
O jornal mexicano Reforma citou um documento que diz que a
licença foi retirada devido à detecção de soja transgênica da
Monsanto em áreas onde ela não seria autorizada.
A Monsanto repeliu o argumento, dizendo em seu comunicado
que as autoridades não realizaram uma análise sobre como foi
plantada a soja que deu origem à decisão.
A revogação se aplica aos Estados de Tamaulipas, San Luis
Potosi, Veracruz, Chiapas, Campeche, Yucatan e Quintana Roo, e
acontece após uma suspensão legal da licença em 2016.
(Por Dave Graham e Noe Torres)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519))
REUTERS LC RS

(([email protected]; 5511 5644 7519;
Reuters Messaging: [email protected]
– Twitter: @AnaliseEnergia))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia