Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

CHICAGO, 13 Mar (Reuters) – Os contratos futuros do milho na
Bolsa de Chicago tiveram ganhos pequenos nesta terça-feira, mas
terminaram abaixo de máximas de sete meses alcançadas durante a
sessão em meio a compras técnicas e a uma demanda global forte
pela oferta dos Estados Unidos, disseram operadores.
O contrato de maio dos milho encerrou em alta de 1
centavo de dólar, ou 0,3 por cento, a 3,9175 dólares por bushel,
depois de atingir o pico da sessão de 3,9525 dólares.
A seca na Argentina, terceira maior exportadora de milho,
empurrou a demanda global para o milho dos EUA.
Os futuros do trigo caíram cerca de 1 por cento, revertendo
ganhos do início da sessão em liquidação técnica, disseram
operadores.
O trigo para maio caiu 4,25 centavos de dólar, ou 0,9
por cento, a 4,865 dólares por bushel.
Modelos climáticos no meio do dia mostraram chances
levemente maiores de chuvas na ressequida região produtora das
Planícies dos EUA, precipitações que podem ajudar as plantações
de trigo de inverno à saírem do período de dormência.
Os futuros da soja escalaram pela segunda sessão seguida,
impulsionados por compras técnicas e ganhos nos preços do farelo
de soja, disseram operadores.
O contrato de maio para a soja subiram 7,75 centavos
de dólar, ou 0,7 por cento, a 10,4875 dólares por bushel.
Os preços da soja e do farelo de soja seguem sustentados
pela pior seca em décadas na Argentina, terceiro maior
exportador da oleaginosa e maior exportadora de farelo de soja.
(Por Michael Hirtzer)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM RS


Assuntos desta notícia