Clicky

MetaTrader 728×90

BRASÍLIA, 12 Abr (Reuters) – O governo manteve a meta de
déficit primário de 2019 em 139 bilhões de reais e piorou o alvo
de 2020 ao rombo de 110 bilhões de reais, sobre 65 bilhões de
reais antes, informou o Ministério do Planejamento nesta
quinta-feira, sobre números que constam no projeto de Lei de
Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem.
Já para 2021, a indicação foi de déficit de 70 bilhões de
reais para o governo central, conforme informações antecipadas
mais cedo pela Reuters.
O governo considerou avanço de 3 por cento do Produto
Interno Bruto (PIB) em 2019, mesmo ritmo de 2018, mas projetou
crescimento menor em 2020 e 2021, em 2,4 e 2,3 por cento,
respectivamente.

(Por Marcela Ayres; Edição de Patrícia Duarte)
(([email protected]; 5561-3426-7021; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation