Clicky

MetaTrader 728×90

Por Stephanie Kelly
NOVA YORK, 17 Jan (Reuters) – A presidente do Fed de
Cleveland, Loretta Mester, delineou nesta quarta-feira meios
para o banco central dos EUA melhorar sua comunicação com o
público, explicando que uma comunicação clara tem uma função
vital na elaboração da política monetária.
Em discurso na universidade Rutgers, Mester, que vota nos
encontros de política monetária neste ano sob rodízio, disse que
uma comunicação clara pode tornar a política monetária mais
efetiva, ao ajudar pessoas e empresas a tomar melhores decisões
econômicas. Ela também disse que o Fed fez um progresso
substancial a este respeito.
Para fortalecer a comunicação, Mester sugeriu que as notas
divulgadas após as reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto
(Fomc) deveriam focar menos nas mudanças de curto prazo nos
dados divulgados entre as reuniões. Em vez disso, os textos
deveriam se concentrar nas mudanças nas condições econômicas e
financeiras e seus efeitos no cenário de médio prazo, disse ela.
Mester também disse que o Fomc deveria usar regras "simples"
de política monetária como referência para explicar as decisões.
"Não estou defendendo definir a política mecanicamente de
acordo com uma única regra; nenhuma regra funciona bem o
bastante através de uma variedade de modelos e circunstâncias
econômicas", disse ela.
Mester acrescentou que outra forma de melhorar a comunicação
seria relacionar variáveis no sumário de projeções econômicas.
O discurso de Mester ocorre no mesmo dia em que o Fed disse
em seu livro bege que a economia e a inflação nos EUA expandiram
a um ritmo modesto a moderado do fim de novembro até o fim do
ano, enquanto salários continuaram subindo.
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7757))
REUTERS ID AAP


Assuntos desta notícia