Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Michael Martina e Tony Munroe

PEQUIM (Reuters) – O líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, visitou a China nesta semana e se reuniu com o presidente Xi Jinping, informaram as mídias estatais dos dois países nesta terça-feira, seu segundo encontro em dois meses em meio à reaproximação dos aliados da Guerra Fria.

MetaTrader 300×250

As conversas em Dalian, cidade do litoral nordeste chinês, acontecem em um momento de relaxamento nas tensões que tomaram a península coreana devido ao desenvolvimento norte-coreano de armas nucleares e antes do que será uma reunião histórica entre Kim e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, possivelmente ainda neste mês, segundo a Casa Branca.

A China tem se empenhado em mostrar que tem um papel indispensável na busca de uma solução duradoura para a tensão causada pela Coreia do Norte por recear que seus interesses sejam ignorados, especialmente agora que Pyongyang e Washington estão estabelecendo contato.

Durante sua visita de segunda e terça-feira, Kim disse a Xi que espera que as partes relevantes adotem medidas "graduais" e "sincronizadas" para promover a desnuclearização e uma paz duradoura na península coreana.

"Contanto que as partes relevantes eliminem políticas hostis e ameaças de segurança contra a Coreia do Norte, a Coreia do Norte não tem necessidade (de capacidade) nuclear, e a desnuclearização pode ser realizada", disse Kim, segundo citação da agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

Kim disse a Xi que a desnuclearização da península é a "posição constante e clara" de seu país, e que o diálogo entre a Coreia do Norte e os EUA pode gerar confiança mútua.

    A mídia estatal chinesa mostrou imagens de Kim sorrindo em um encontro com Xi em um local aberto e os dois líderes caminhando à beira-mar.

Xi ofereceu um banquete e comunicou a Kim seu apoio à "guinada estratégica (norte-coreana) rumo ao desenvolvimento econômico", acrescentou a Xinhua.

"A China apoia a defesa feita pela Coreia do Norte da desnuclearização da península, e apoia que a Coreia do Norte e os Estados Unidos resolvam a questão da península através do diálogo e das consultas", disse Xi.

    A mídia estatal norte-coreana disse que Kim ficou "muito satisfeito" com o fato de o relacionamento com Pequim estar se desenvolvendo tanto e que a Coreia do Norte cooperará com a China mais ativamente à medida que a situação na península coreana mudar.
2018-05-08T145915Z_1_LYNXMPEE47159_RTROPTP_1_COREIANORTE-LIDER-VISITA-CHINA.JPG urn:newsml:onlinereport.com:20180508:nRTROPT20180508145915LYNXMPEE47159 O líder norte-coreano Kim Jong Un participa de reunião em Pyongyang em foto sem data divulgada pela agência estatal de notícias da Coreia do Norte OLBRTOPNEWS Reuters Brazil Online Report Top News 20180508T144558+0000 20180508T145915+0000


Assuntos desta notícia