Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

LIMA, 4 Dez (Reuters) – A Justiça do Peru deu ordens de
prisão contra quatro executivos de três construtoras peruanas
que se aliaram com a brasileira Odebrecht , que
admitiu ter pago suborno no país.
Os executivos, acusados de lavagem de dinheiro, trabalhavam
para Grana y Montero , JJC Contratistas Generales e
Ingenieros Civiles y Contratistas Generales (ICCGSA), segundo
informações da Promotoria do Peru. Representantes das empresas
não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.
O Peru tem investigado as denúncias de corrupção vinculadas
ao escândalo que envolveu a Odebrecht e o ex-presidente peruano
Ollanta Humala, preso este ano após acusações de ter recebido
doações eleitorais ilegais da companhia brasileira.
(Por Marco Aquino)
((Edição Redação São Paulo, 55 11 56447753))
REUTERS AAJ MPP


Assuntos desta notícia

Join the Conversation