Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

As bases de dados da indústria de fundos das seis principais economias da América Latina (Brasil, México, Colômbia, Peru, Chile e Argentina), conforme pesquisa da Economatica, mostram que no mês de dezembro de 2016 o patrimônio é de US$ 1,46 trilhões. Em dezembro de 2015 o patrimônio era de US$ 1,12 trilhões, crescimento de US$ 339 bilhões ou 30,28%.

Brasil

Chart Trading 300×250

O patrimônio da indústria de fundos no Brasil atingiu US$ 1,01 trilhões no mês de dezembro de 2016; partindo de US$ 717,7 bilhões no final de 2015 houve um crescimento de US$ 299,8 bilhões ou 41,77%. Devemos lembrar que no ano de 2016 o dólar teve uma desvalorização de -16,54%, o que influencia no crescimento do patrimônio nesse ano.

Percentualmente entre as maiores economias o Brasil representa em dezembro de 2016 69,7% do total, que é o maior percentual atingido na amostra.
Principais economias de América Latina

Análise sem o Brasil mostra que a indústria de fundos do Chile é a maior com US$ 226,9 bilhões, seguida pelo México com US$ 88,6 bilhões. O patrimônio consolidado de México, Peru, Colômbia e Argentina é de US$ 172,8 bilhões, valor inferior ao da indústria chilena. Percentualmente o Chile responde por 15,5% do patrimônio total dos países analisados.


Assuntos desta notícia